Categorias

Pesquisas - Projetos

Residência no Hemispheric Institute

Diário de pesquisa, e entrevista, durante a residência do ERRO no Hemispheric Institute of Performance and Politics em Nova York pelo projeto Persistência: atividades de fomento local e manutenção do ERRO Grupo.

Persistência: atividades de fomento local e manutenção do ERRO Grupo
Edital Elisabete Anderle 2014

RESIDÊNCIA DO ERRO GRUPO EM NOVA IORQUE NO HEMISPHERIC INSTITUTE OF PERFORMANCE AND POLITICS

Entrevista com Diana Taylor, diretora fundadora do Hemispheric Institute


Diário de bordo de pesquisa - Nova York

Primeiramente, #StopCoupInBrazil, #NÃOAOGOLPE e #FORATEMER, segundamente, gostaríamos de frisar os nossos agradecimentos ao Hemispheric Institute of Performance and Politics e toda a sua equipe que nos recebeu com tamanha seriedade e simpatia, além de abrirem a nós todo o arquivo e repertório do Hemispheric durante o período que estivemos em Nova Iorque: Diana Taylor, Marlene Ramirez-Cancio, Lisandra Ramos,  Marcial Godoy,  Maria Schirmer, Victor Bautista e Leticia Robles.

 

  • 27 de abril de 2016

Chegada em Nova Iorque.

Reunião com Marlène Ramírez-Cancio, no Hemispheric Institute, na qual tratamos sobre a pesquisa nos arquivos do HIDVL (o Hemispheric Institute Digital Video Library que é uma biblioteca digital de vídeos raros documentando performances nas Américas: http://hidvl.nyu.edu/), mais especificamente do material referente a Augusto Boal e também sobre os arquivos do ERRO Grupo, por nós cedidos para compor o banco do HIDVL, sobre nossa participação no festival PEN World Voices Festival (http://worldvoices.pen.org/), com a performance A NY BODY, no dia 29 de abril, e sobre a entrevista com a Professora Diana Taylor.

 

  • 28 de abril

Reunião com Maria Litvan, responsável pela produção do PEN World Voices, para verificar detalhes técnicos e de produção (áudio e materiais).

Ensaio, reconhecimento e marcação do espaço de realização da performance A NY BODY: a Rua Washington Mews.

IMG-20160428-WA0004

  • 29 de abril

Dia da realização da performance A NY BODY.

Chegamos à Rua Washington Mews para os preparativos da performance e Maria nos conduziu a um pátio onde estava sendo servido café-da-manhã aos participantes do festival. Realizamos a nossa performance às 13h30 iniciando nos portões da rua e finalizando na metade da mesma. A ação contou com boa participação das pessoas presentes, muito mais intensa e numerosa do que as nossas expectativas, e suscitou questionamentos sobre a relação das pessoas com suas nacionalidades e a de um corpo morto.

Após a performance, encontramos Hector Canonge, artista que também participou do festival e de nosso workshop no Encuentro de 2013, em São Paulo, que nos convidou para conhecer a Grace Exhibition Space (http://www.grace-exhibition-space.com/), uma galeria de performances localizada em Bushwick, no Brooklyn, próximo de onde estávamos hospedados. Assistimos às performers Arahmaiani (Indonésia) e Ayana Evans (NYC).

 

  • 30 de abril

Realização da ação Dollars Buy Brazil’s Coup no Charging Bull, em Wall Street, no Zucotti Park, novo Word Trade Center, e na Times Square, na qual questionamos os interesses e a participação norte-americana na efetivação do golpe praticado no Brasil contra a presidenta Dilma Rousseff e o Estado Democrático de Direito do Brasil. Durante a ação, recebemos muitos apoios por parte das pessoas que circulavam por estes locais, dentre elas muitos turistas. A performance teve grande repercussão tanto nos locais em que foi realizada quanto em mídias no Brasil, mais sobre a performance: http://www.errogrupo.com.br/v4/pt/2016/05/28/dollars-buy-brazils-coup/, http://idanca.net/erro-grupo-questiona-participacao-americana-no-impeachment-durante-intervencao-em-nova-iorque/, http://dc.clicrbs.com.br/sc/colunistas/rafael-martini/noticia/2016/05/grupo-erro-faz-protesto-contra-impeachment-em-nova-york-5791391.html, https://www.facebook.com/midiaNINJA/photos/pcb.641759212648894/641756415982507/?type=3&theater

 20160502_090843

  • 01 de maio

Envio do material de registro da ação Dollars Buy Brazil’s Coup para veículos de imprensa no Brasil. Conversa sobre a performance e suas reverberações. À noite, a convite da artista Eleanor Hullihan, que se apresentou lá nessa ocasião, fomos ao WeisAcres, um grande loft studio, onde atua o Cathy Weis Project, organização sem fins lucrativos comandada por Cathy Weis, que promove pesquisa em dança: http://www.cathyweis.org/. Lá assistimos a duas apresentações de trabalhos em processo das coreografas Lily Gold e Kathy Wasik.

 

  • 02 de maio

1º dia de pesquisa nos arquivos do Hemispheric Institute:

-           vídeo de um workshop do Boal no Brooklyn College, em 1988. “Quem são vocês e o que querem aqui?”, Diálogo de imagens.

-           vídeo de Teatro Legislativo em Munich, em 1997.

-           vídeo de workshop de teatro do oprimido na Holanda, sem data.

 

  • 03 de maio

Assinamos o contrato para inclusão do material em vídeo do ERRO Grupo no HIDVL (Hemispheric Institute Digital Video Library).

Continuação da pesquisa sobre o material do Augusto Boal:

-           vídeo de oficina de teatro do oprimido na Rede Mulher. Teatro Invisível – ação na rua; Teatro Imagem – identificação do problema; Teatro Fórum – ensaio das soluções para os problemas identificados.

-           vídeo de uma entrevista de Boal para Ziraldo.

-           vídeo de matéria póstuma no Fantástico, em 2009.

-           vídeo Rituais e Máscaras do Comportamento do Ator.

https://youtu.be/3VT5j1CV-hQ

 

  • 04 de maio

Continuação da pesquisa dos vídeos:

-           vídeo Documentário Coletânea de Boal.

-           vídeo de entrevista de Boal com Roberto D’Avila

“O mundo está dividido em 3…”

“O que está em crise é o dinheiro.”

-           vídeo Cantos Gerais, com Augusto Boal, Canal Brasil, em 2005.

“teatro não pode ficar alheio a todas as coisas”

-           vídeo Interview Collection with Boal (Coletânea de entrevistas com Boal).

-           vídeo de Teatro Legislativo em Londres, parte 1.

 

  • 05 de maio

Continuação da pesquisa sobre o material do Augusto Boal:

-           vídeo de Teatro Legislativo em Londres, parte 2.

-           vídeo do 7º festival de Teatro do Oprimido, no Rio de Janeiro, em 1993 – Explicações sobre o surgimento do TO e demonstrações das técnicas e métodos.

Realização da entrevista com Diana Taylor, diretora fundadora do Hemispheric Institute.

1462293179588

  • 06 de maio

Continuação da pesquisa sobre o material do Augusto Boal:

-           continuação do vídeo do 7º festival de Teatro do Oprimido, no Rio de Janeiro, em 1993 – Teatro Jornal – embrião do Teatro do Oprimido: o Núcleo do Teatro de Arena não fazia teatro para a platéia, mas teatro com a platéia. Demonstração do surgimento do Teatro Fórum: história da mulher traída, ocorrida em Lima, Peru, é apresentada, ao que uma mulher da platéia sugere algo que tanto Boal, quantos os atores não compreendem qual é a solução sugerida pela mulher da platéia. Então, esta mulher sobe ao palco e toma o lugar da atriz que representava a mulher traída e realiza a ação proposta ela mesma.

Fomos a Tisch School of the Arts – NYU para assistir à uma palestra da Diana Taylor, cujo tema era curadoria em performance e citando suas atividades à frente do Hemispheric Institute e a presença do ERRO Grupo (https://tisch.nyu.edu/performance-studies/events/curating-and-performance-colloquium). Ao final da palestra retornamos ao Hemispheric Institute para encerrarmos a pesquisa do material de Augusto Boal e assistirmos a um vídeo de uma Long Table no Encuentro de 2014, em Montreal

Após nos despedirmos da equipe do Hemispheric, deixamos a faixa utilizada na ação Dollars Buy Brazil’s Coup na exposição, Were Screwed! The Yes Men’s Greatest Hits, que estivemos em contato ao longo de todos os dias de pesquisa, sobre os trabalhos do grupo The Yes Men no hall do Hemispheric Institute e retornamos à Tisch School of the Arts para assistirmos à palestra de André Lepecki, professor e pesquisador de performance da NYU.

20160506_16240520160506_16234920160504_152003