Obra

Palavras decifram...

Pratique a dissimulação e terá sucesso. Mova-se apenas se houver uma vantagem real a ser obtida. Concentrar ou separar suas tropas é coisa a ser decidida pelas circunstâncias. Deixe que a sua rapidez seja a do vento; sua solidez a da floresta. Na imobilidade seja como uma montanha…

Palavras decifram charadas e movimentos fazem dispositivo funcionar, criada pelo ERRO GRUPO, através do desdobramento e combinação de duas performances realizadas pelo grupo, Pedra (2001-2003) e Segredo – A Arte de Manobrar (2004-2005), é uma intervenção que busca confronto com a imobilidade. Durante o confronto as pedras que se chocam com o silêncio, criam um instante. Um instante para aquelas pessoas que sentadas calmamente esperam a desordem ou para outras que ansiosas esperam para sentar. Na distância, indeterminada pelo jogo, entre o imóvel e a ação, há espaço para um segredo.

Olho - FIT São José do Rio Preto, São Paulo – 2005
Jorge Etecheber
Imagem 1 de 8

“Be well feed while your enemy is starving. Do not advance up hill against your enemy, or fight him when he is coming down.”

“Be close to the goal while your enemy is far from it. Wait calmly while your enemy is struggling and slowly advancing.”

You need to install or upgrade Flash Player to view this content, install or upgrade by clicking here.
Olho – FIT São José do Rio Preto – São Paulo – 2005
Pedro Bennaton

 

Ficha Técnica
Criação: Luana Raiter, Pedro Bennaton e Priscila Zaccaron
Performers: Luana Raiter e Priscila Zaccaron
Direção: Pedro Bennaton